Terapias complementares

3 minutos Por muito tempo, gostei de dizer que oscilava entre dois mundos: literatura (encabeçada pela Jane Austen) e terapia complementar (ou alternativa) (encabeçada pelos florais de bach). Tenho estantes lotadas por livros literários e livros sobre florais, Reiki, Chakras, Constelações Familiares. Hoje, no entanto, não digo mais que oscilo entre esses dois caminhos, mas que os INTEGRO dentro de mim. Pois aprendi que sou o que sou também por aquilo de que gosto, e não seria eu se não me debruçasse sobre livros Continue lendo

4 minutos As leitoras que assinam a minha newsletter e acompanham o meu Instagram (AQUI) sabem que participei do Seminário do Bert e da Sophie Hellinger que aconteceu aqui no Brasil, em São Paulo, nos dias 7, 8 e 9 de agosto. Há 3 anos, conheci as Constelações Familiares e me apaixonei por esse método terapêutico. Um único encontro (é e) foi capaz de modificar, para melhor, muita coisa na minha vida e na da minha família. Desde então, comecei a ler livros sobre Continue lendo

2 minutos No post Como descobri os florais, contei a minha experiência de como os florais começaram a fazer parte da minha vida. Também contei que, hoje em dia, por questões pessoais (e circunstanciais), só tomo Florais de Bach e Gotas do Infinictho. Pois essa semana, conversando com a Silvana, co-fundadora do Gotas do Infinictho, descobri como ela começou a fazer uso dos florais. O interessante é que já a conheço há quase 8 anos, mas nunca tinha perguntado isso pra ela. Era como Continue lendo

3 minutos Quando falo em terapia crânio-sacral, o que lhe vem à cabeça? Um tratamento para loucos, com choquinhos na cabeça? É o que já ouvi falar por aí…rsrs Mas, não, não tem nada de choque, nem de pavoroso, como o nome talvez indique… Na verdade, Terapia Crânio-Sacral (TCS) é um método manual e sutil que trabalha todo o corpo, tendo benefícios, também, para o emocional.  Eu ouvi falar em TCS, pela primeira vez, no ano passado. Foi uma fisioterapeuta que me indicou, pois, Continue lendo

2 minutos Antes de começar a tomar florais, eu já tinha ouvido falar sobre eles, mas sem me interessar. Em 2003, fui com os meus pais à casa de um amigo deles, um conceituado médico oncologista da minha cidade,  e, ali, o meu interesse pelos florais despertou. Culpa do médico que fez um comentário interessante: Ele observou que muitos dos pacientes que encaravam melhor a doença e o pesado tratamento do câncer tomavam florais. Isso chamou tanto a sua atenção, que ele passou a recomendar que sua família Continue lendo

5 minutos – Pra que seguir o caminho das pedras se temos o caminho das flores? –  Depois que escrevi o último artigo – 9 passos para construir uma auto-estima sólida -, fiquei pensando em cada um daqueles passos e no floral de Bach correspondente. Sim, existe floral pra tudo o que você pode imaginar. E se é mais fácil falar e dar dicas sobre auto-estima do que, de fato, fortalecer sua auto-imagem, a boa notícia é: nós não estamos sozinhas nessa caminhada! As flores, com o seu poder Continue lendo