Floral de Bach Para a Jane (Agora Senhora Bingley)

Tempo de leitura: 2 minutos

Como Pemberley é suntuosa! Me pergunto de quantas empregadas o casal Darcy precisa. Mas, com uma renda de 10.000 libras anuais (uma fortuna para aquela época!), não deve ser tão difícil mantê-la, né?!

Porém, vou ser sincera, prefiro a paisagem e a liberdade dos campos ingleses. Mansões como Pemberley me dão claustrofobia, por mais estranho que possa parecer…

Então, como quero encontrar Elizabeth, vou caminhar um pouco. Se tem algo que tenho em comum com ela é gostar de caminhar. E por essas bucólicas paisagens do interior inglês é ainda mais inspirador.

Opa! Mas quem é que vejo se aproximando de Pemberley? É a Jane, irmã de Lizzy.

Oi, Jane! Que prazer conhecê-la. Eu sou a Rebeca, nova terapeuta floral do Mundo da Jane Austen.

Oh, olá! Muito prazer. Seja bem-vinda, Senhorita Rebeca. Espero que você esteja gostando da sua estadia.

Eu acabei de chegar – respondi -, mas já estou impressionada com a beleza dessa região. Sei que vou gostar daqui. Agora vou procurar a Elizabeth, para conversar com ela. Foi ela quem me convidou.

Ah! Minha irmã não está em casa? Eu vim visitá-la. – disse Jane.

Não, sinto muito. Ainda não a vi. Mas vou sair para caminhar. Talvez a encontre pelo caminho. Quer me fazer companhia?

Infelizmente, não posso. Preciso voltar para casa, pois minha cunhada vem nos visitar. Diga a Elizabeth que passei para dar um “oi” e que estou bem.

Pode deixar, Jane. Até breve.

E assim nos despedimos. Ela sorriu e se virou de costas, mas tive a impressão de ver, por trás daquele sorriso sereno, uma certa apreensão. Será por causa da cunhada que vai chegar?

Lembro-me de tudo o que aconteceu em Orgulho e Preconceito. Jane é a pessoa que quase perdeu o amor da sua vida por não demonstrar as suas emoções. E quando todos sabiam que ela estava sofrendo pelo Mr. Bingley, ela dizia que estava bem e mantinha um sorriso no rosto…

Chamei-a de volta:

Ei, Jane!

Ela se virou e sorriu novamente.

Fui ao seu encontro e disse:

Jane, a pedido da Elizabeth, eu vim aqui para prescrever florais. Este vidro é para você.

Entreguei a ela um vidro de Agrimony, o floral para as pessoas que escondem seus problemas por trás de uma cara alegre, que escondem suas tristezas e angústias, vivendo, às vezes, um tormento interior, mas sem querer mostrar isso para ninguém. Com esse floral, essas pessoas passam a assumir o que está acontecendo e, assim, podem “botar pra fora” o que estiver “envenenando” por dentro.

Ela agradeceu, e nos despedimos mais uma vez.

Agora, sim, começo a minha caminhada por essas belas paisagens.

Com carinho e gratidão,

Rebeca

P.s.: Você acha que a Jane vai tomar esse floral que passei para ela?

(Ver post anterior dessa série de posts “Florais de Bach para os personagens da Jane Austen”: Floral de Bach para o Mr. Darcy)

  • regiane

    Meu terapeuta me indicou Agrimony, começo a tomar amanhã..

    • luzdofeminino

      Florais são tudo de bom! :-)