WILD ROSE – o floral da “luz do feminino”

Tempo de leitura: 5 minutos

   

       “(…) o WILD ROSE tem o papel de nos doar o Puro Amor celestial, a alegria e a participação na Vida.”
(Carmen Monari)

Já contei (AQUI) sobre o porquê do nome LUZ DO FEMININO para este blog. Porém, me dei conta de que, até hoje, não tinha escrito nenhum post exclusivamente sobre o floral WILD ROSE.

Por isso, o post de hoje é sobre esse floral tão importante para … a VIDA! Afinal, sua energia desperta em nós a vontade de viver. E viver plenamente. Ativamente. Participando do presente.É ou não é imprescindível?

alegria alegria de viver

Carmen Monari, em seu livro Participando da Vida com os Florais de Bach, explica que o WILD ROSE tem a capacidade de, primeiro, despertar a nossa individualidade. Segundo, nos unir com a “totalidade, dentro do Grande Coração Universal”. Somente assim, cada indivíduo conseguirá se entregar à vida e irradiar Luz.

Esse floral, aliás, tem tudo a ver com “luz”, pois é o que desperta as almas adormecidas, sem brilho, que estão somente “passando” por essa vida, sem, necessariamente, viver, sem participar dela, com sua individualidade – única e especial para o todo.

Como disse na apresentação do blog, “luz do feminino” significa “alegria de viver“, por isso que todos nós – homens e mulheres – precisamos estar com a nossa “luz do feminino” desperta.

Quando que uma pessoa precisa do WILD ROSE?

– Dr. Bach afirma que esse floral é “para os que, aparentemente sem razão suficiente, se conformam com tudo o que acontece à sua volta, e se limitam a passar pela vida, aceitando-a como ela é, sem se esforçar por melhorar as coisas nem por encontrar alegria. Renderam-se, sem se lamentar, na luta pela vida.”; 
apatia– “Os tipos Wild Rose têm pouco interesse por qualquer coisa. São preguiçosos e preferem não fazer a tentar mudar as coisas para melhor. São apáticos e sem interesse pelo bem-estar do outro e até por si mesmos. (…) Sentem-se pesados e cansados, sem energia e vitalidade.”, diz David Vennels;
– Vennels também diz, que, no geral, pessoas que precisam desse floral “não têm imaginação e evitam mudanças ou qualquer tipo de perturbação em sua rotina”;
– São pessoas passivas e que desistem com facilidade;
– Quando estão doentes, não costumam se esforçar para melhorar;
– São apáticas;
– Estão “sem brilho”;
– Mechthild Scheffer diz que pessoas no “lado negativo” do Wild Rose são aquelas que pensam “que suas circunstâncias não podem ser alteradas (…) nunca lhes ocorre que as coisas poderiam ser diferentes.”;
– Não sentem alegria na vida;
– Não têm motivação interior;
– De forma mais “gritante”, são pessoas tediosas, cansativas por causa de sua falta de interesse pelas coisas;
– De forma mais sutil, são pessoas que podem, simplesmente, ir se isolando, pra não terem que interagir ou se sentirem obrigadas a tomar atitudes na interação com os outros.

O que a energia do floral WILD ROSE traz de positivo para nós?

– Scheffer afirma que “quem quer que tome Wild Rose sentirá gradativamente reviverem suas disposições de espírito, e começará a viver outra vez. (…) Com a energia vital fluindo de modo crescente através de si, é capaz, finalmente, de deixar que todas as riquezas da vida, grandes e pequenas, venham a ele, com prazerosa expectativa e vivo interesse.”;
alegria riso sorriso luz wild rose alegria de viver
– Diariamente, encontra interesse por algo em sua vida;
– A vida nunca é vista como uma rotina paralisante;
– A pessoa passa a estar aberta às experiências da vida;
– Tem vontade de aprender e descobrir coisas novas;
– O indivíduo passa a assumir um interesse renovado pela vida;
– “Vive com uma sensação de liberdade e flexibilidade íntimas”, diz Scheffer;
– Vennels diz que: “É restaurado um senso de espontaneidade e vitalidade, e provavelmente farão novos planos e assumirão novos projetos, pois o desejo de viver a vida mais integralmente será desenvolvido gradualmente.”
– Passa a sentir “conexão com sua Alma e libera toda a Luz que vem de sua Essência.”, afirma Carmen Monari;
– Libertando-se da apatia e resignação, a Vontade da pessoa fica fortalecida;

Em resumo, o floral WILD ROSE é aquele que nos ajuda a mergulhar na VIDA, com alegria, com entusiasmo, com interesse por tudo o que ela tem a nos oferecer. Com Wild Rose, nos sentimos convidados a contribuir com a nossa LUZ, que é única.

mergulhar na vida mergulho pulo

Como compartilhei com vocês em um daqueles vídeos da série “APRENDI COM…“, “um dos maiores pecados é o da vida anulada“, lição do grande John O’Donohue (*) que, assim, como o Dr. Bach, sempre nos convidou a descobrir nossa personalidade e a honrá-la, para que, então, possamos honrar a vida. Esse é o caminho para a evolução. 

Uma boa sugestão de re-harmonização do Wild Rose é a que nos foi presenteada por Mechthild Scheffer, em seu livro Florais de Bach – Escolha Você Mesmo:

“Entusiasme-se de novo pela vida. Entregue-se aos acontecimentos naturais da mesma forma como as ondas do mar sobem e descem. Procure outras pessoas, tome um “banho de multidão”. Perceba como a plantinha chamada “alegria de viver” vai crescendo dentro de você, devagar e sempre.”

Como nos aconselha o querido Dr. Bach:

             Tudo o que temos de fazer é preservar nossa personalidade, viver nossa própria vida, ser o comandante de nosso próprio barco e tudo estará bem.”

Com carinho e gratidão,
Rebeca

(*) Para assistir a esse vídeo, com a lição do John O’Donohue, clique AQUI.